sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Contra Informação

O governo e os ultras têm tentado e conseguido passar a ideia que os funcionários públicos são os privilegiados bem pagos, vejam este quadro do insuspeito Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado:
Veja o todo o documento aqui.

No entanto foi esquecido neste estudo que os descontos para esquemas de segurança social passaram dos 11%, igual ao privado, para 11,5% e vão passar em 2011 para 12,5%.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Se existisse Justiça...

Nem teria de haver esta iniciativa Magistrados do Ministério Público recorrem aos tribunais contra cortes salariais, mas já agora lembrem-se dos grandes argumentos que todas as virgens ofendidas esgrimiram sobre a igualdade de tratamento de todos os portugueses, devido ao caso do suplemento para os funcionários dos Açores. É só levar à letra os “todos os portugueses”.

Por exemplo e Prof. Cavaco até falou de igualdade de “impostos” para todos, bom na verdade é imposto, mas analogia até dá jeito e quem sou eu para desmentir um tão iminente professor?... Então se é um imposto deveria ser universal não é?

Um imposto, dentro desta grande injustiça, seria mais democrático pois tocava a todos (mas teria que ter outra lógica, o mais certo seria novamente subir o IRS) mas ai não seriam só os judeus do sócrates a revoltarem-se.

Por o meu lado fiquei a saber que roubar seis anos de progressão na vida profissional, que nunca poderão ser recuperados por quem está no fim duma carreira e por esse motivo está a ganhar mais um pouquinho, é um “imposto”.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A Lição do Açúcar

Aprendi que falta o açúcar pois ficou à espera de autorização de importação sem direitos, por parte de Bruxelas da matéria prima.
Temos que importar a totalidade da matéria prima pois a politica agricola deu cabo da produção de beterraba sacarina na UE com excepção da França e da Alemanha!

Que raio de sociedade é esta?!

sábado, 4 de dezembro de 2010

Vamos apoiar quem os irrita com a verdade

Roubado do protesto gráfico:
«É com um certo gozo que vejo os grandes líderes mundiais tremer perante as revelações das políticas menos claras, trafulhices e negociatas que têm lugar nas nossas barbas. O desespero é tal que estão a pressionar de uma forma despudorada e nunca vista todos os podem ajudar na revelação dessas “fugas”. A Amazon e a Paypal retiraram os seus acessos ao site da Wikileaks alegando “incitação à ilegalidade” a primeira e “violação da política de utilização” a segunda. Isto para não falar de um mandado de captura ao fundador do Wikileaks, por agressão sexual, que é tão “sólido” e verídico que as autoridades inglesas nem querem executar!… Mas atenção… isto é a reacção dos governos ocidentais onde existe ainda uma certa necessidade de manter as aparências. Existem aqueles que nem reagem porque já não têm pingo de vergonha ou porque sabem que o povão está demasiado assustado ou empobrecido para reagir.»http://wikileaks.ch/support.html

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Não há vergonha nenhuma

Quando é reconhecido que "Salários públicos vão ser os mais penalizados da UE" vem este senhor Fernando Pinto afirmar "Usando como argumento o facto de os trabalhadores da TAP terem tido aumentos de 4,6% num período em que os trabalhadores da Função Pública tiveram aumentos de 10,5%".
Não sei como arranjou este número mas por exemplo eu nos últimos 5 anos tive, mais ou menos, 3% de aumento, quero de imediato com retoactivos os outros 7%.
Será que está a pensar nos chupistas como ele, que invaliram nos últimos anos a administração pública?
Isto deve ser devido ao apelido pinto...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Em Greve


Lembrado Pelos Ladrões de Bicicletas:

Elogio da Dialéctica

A injustiça avança hoje a passo firme
Os tiranos fazem planos para dez mil anos
O poder apregoa: as coisas continuarão a ser como são
Nenhuma voz além da dos que mandam
E em todos os mercados proclama a exploração;
isto é apenas o meu começo

Mas entre os oprimidos muitos há que agora dizem
Aquilo que nós queremos nunca mais o alcançaremos

Quem ainda está vivo não diga: nunca
O que é seguro não é seguro
As coisas não continuarão a ser como são
Depois de falarem os dominantes
Falarão os dominados
Quem pois ousa dizer: nunca
De quem depende que a opressão prossiga? De nós
De quem depende que ela acabe? Também de nós
O que é esmagado que se levante!
O que está perdido, lute!
O que sabe ao que se chegou, que há aí que o retenha
E nunca será: ainda hoje
Porque os vencidos de hoje são os vencedores de amanhã.


Bertolt Brecht

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tive uma ideia genial

Sr. Primeiro Ministro, se está com tantos problemas com a existência de serviços "mínimos" aplique a solução que já usou este ano duas vezes

Decrete tolerância de ponto para toda a administração pública para dia 24

De uma vez reduz o problema de mobilidade e arrasa a Greve na administração pública que não conseguirá passar dos 0% de adesão!
Sou ou não sou um génio?

domingo, 21 de novembro de 2010

Humoristas

Por volta do minuto aparece um artista de nome Luís Elias.

O grande crime dos manifestantes foi contra a liberdade de circulação



Já terá prendido o Obama, pinto de sousa, Dmitri Medvedev, Durão Barroso, Angela Merkel e
mais uns 60 delinquentes que puseram a cidade em estado de sitio atentando gravemente contra a liberdade de circulação?

O palhaço Grande Elias tem mesmo muita piada mas se fosse gozar com o dono tinha mais piada ainda.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Quando é que eu já vi isto? Ah! pois há 36 anos

Já passou a ser crime uma opinião, cidadãos europeus são repatriados com escolta policial por terem em sua posse panfletos faixas e cartazes com opiniões diferentes.
Pensem nisto, pensem ao que isto vai levar.


Lucas Wirl tem 29 anos, prepara um doutoramento em sociologia, é alemão,
pertence ao INES e foi impedido de entrar em Portugal no aeroporto de Lisboa, a meio da tarde de dia 17. Foi acusado de prejudicar a segurança nacional pois trazia consigo programas da Contra-Cimeira que vai ocorrer em 19/21 próximos, organizada pela PAGAN e pela coligação "No to War, No to Nato" e um documento onde se referia o anúncio de uma acção de desobediência civil no Rossio, para dia 18, às 16 h - uma acção de treino de desobediência civil entre activistas anti-NATO. (Este activista estava indicado como moderador de um painel sobre "Acções para a Paz" na Contra-Cimeira na sexta-feira, dia 19).
Retirado de: Wehavekaosinthegarden

Por isso aqui se transcreve o documento altamente subversivo:

PAGAN - 161110_cimeirainfo A PAGAN acabou de publicar no seu portal o programa da Contra-cimeira da NATO, que decorrera de Sexta (19 de Novembro) a Domingo.







PROGRAMA

Localização: Liceu Luís de Camões, Lisboa

19/11/2010 – Sexta

11:00-11:15 Boas-vindas

Natália Nogal (pela PAGAN)

Reiner Braun (pelo ICC)

11:15-13:00 Palestras

Moderação/mesa:

Arielle Denis, Mvt. Paix / Andreas Speck, WRI

* Guerra e Paz (Sandra Monteiro, Le Monde Diplomatique, Portugal)
* A nova estratégia da NATO e a Crise Global (Vitor Lima, PAGAN, Portugal)
* Armas nucleares na nova Estratégia da NATO (Joseph Gerson, AFSC, USA)
* Relações entre a Rússia e a NATO (Vitaly Merkushew, Eurasian Network of Political Research, Russia)
* A NATO e a Defesa Míssil [Missile Defense... nao parece a melhor traducao/ defesa anti-míssil?] (Jan Majicek, No BASES Network, CR)
* A Guerra da NATO no Afeganistão (RAWA, Afghanistan) (TBC)

Pausa de uma hora para almoço

14:00-22:30 Blocos de Oficinas

14:00-16:30 Bloco de Oficinas I

Discussão da Estratégia da NATO

* A NATO e as Armas Nucleares (moderador: Dave Webb, CND)
* A NATO, a Guerra e as Crises Globais (moderador: Jacques Fath, PCF)
* A NATO e o Afeganistão (moderadores: Reiner Braun, INES / Joseph Gerson, AFSC)
* A NATO e a UE (moderador: Michael Youlton, IAWM / PANA)
* A História da NATO (moderador: Erhard Crome, RLS)

Breve pausa para café

17.00-19.00 Bloco de Oficinas II

Guerra, Militarizacão e Paz

* Feminismo e a Militarização (moderador: Kristine Karch, INES)
* Portugal e a Militarização (moderador: Nuno Moniz, PAGAN)
* Complexo Industrial Militar e a Privatização da Guerra (orador: Rae Street, CND)
* A NATO e as Bases (moderadores: Elsa Rassbach, DFG-VK – GIs and U.S. Bases / Jan Majicek, NO BASES Network)
* A Juventude e a Militarização (moderador: Nuno Moniz, PAGAN)
* Da neutralidade à NATO – A Escandinávia em Parceria pela Paz (moderadores: Agneta Norberg, Swedish Peace Council)

Pausa de uma hora para jantar

20.00-22.30 Bloco de Oficinas III

Alternativas Pacíficas, Justas e Sociais

* Sistemas de Segurança Alternativos (moderador: Erhard Crome, RLS)
* Acções para a Paz (moderadorest: Monty Schädel, DFG-VK / Lucas Wirl, INES)
* Segurança humana e outros conceitos (moderador: António Dores, PAGAN / Tobias Pflüger, IMI)
* Convenção das Armas Nucleares (moderador: Reiner Braun, IALANA Europe)
* Desarmamento para o desenvolvimento (moderador: Ben Cramer, IPB)
* Resistencia não-violenta (moderador: Andreas Speck, WRI)

22.30 Festa da Paz

11/20/2010 – Sábado

10.00-12.00 Evento Público na Cidade de Lisboa

NO to War – NO to NATO (NAO à Guerra – NAO à NATO)

Moderação/Mesa: Joseph Gerson (AFSC) / Irina Castro (PAGAN)

Discussão aberta ao público em geral, com políticos e activistas:

* Willy Meyer, membro do Parlamento Europeu GUE/ NGL, Esquerda Europeia, Espanha
* Jeremy Corbyn, Membro do Parlamento, Partido Trabalhista, GB
* Coronel Mario Tomé, PAGAN, Portugal
* Arielle Denis, Mouvement de la Paix, Franca
* Christine Hoffmann, Pax Christi Germany, Alemanha

15.00 Participação na Manifestação "Paz sim, NATO Não!"

Localização: Avenida da Liberdade

11/21/2010 – Domingo

10.00-10.45 Palestras Introdutórias: Lições Aprendidas (Lessons Learnt)

Portugal e a NATO (Ricardo Robles)

A NATO e a América Latina (Eduardo Melero, UAM, Espanha)

Assembleia da Paz – Assembleia Anti-Guerra:

Como continuar a agir em prol de um mundo sem guerra nem NATO

Moderação: Arielle Denis, Dave Webb, Tobias Pflüger

10.45-11.15 Relatórios dos Grupos de Trabalho

Relatórios das actividades contra a NATO em Lisboa

Breve pausa para café

11.45-14.00 Microfone Aberto: relatos de 3 minutos. e discussão sobre actividades e planos futuros contra a NATO

Acordos sobre actividades comuns

14.00 Apresentação da Declaração do ICC e Conclusões

Não há duvida que devem ser cidadãos extremamente perigosos.

Não à Guerra!


Vou! Pelo menos para dizer à cambada que não tenho medo.

Quanto maior for campanha que façam para acagaçar o pessoal, para mim tem o efeito contrário.

Tempo de antena

Apelo à Manifestação Anti-Guerra e à GREVE GERAL

QUEM NÃO PÁRA CONSENTE!!!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Porque lhes pediram opinião?

Segundo o BCE "Corte salarial põe em causa independência do Banco de Portugal"
Perguntaram por que já sabiam a resposta.

Pelos visto os restantes funcionários são muito mais íntegros pois um corte violento nos seus salários nunca porá em causa a sua independência e integridade.

Poderemos revoltarmos, lutarmos, fazermos greve, trabalhar menos, mas nunca deixarmos de ser independentes e íntegros.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Angola é independente há 35 anos.

Pessoal... e Transmissível entrevista Rafael Marques - TSF

"Angola é independente há 35 anos. Por respeito aos homens que lutaram pela independência, o jornalista Rafael Marques não desiste de lutar contra os gangsters que governam o País. À sua volta, quase só cobardia." Daniel de Oliveira

Pensar que Agostinho Neto quando morreu tinha na sua conta pessoal o equivalente a 2€...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Que raio de capitalismo é este?

«Juros da dívida portuguesa sobem mais de 30 pontos base
/.../
No leilão desta manhã, a procura caiu face à anterior emissão comparável a 10 anos mas continua a superar em mais de duas vezes a oferta.»

Mas se a oferta é superior à procura o preço (taxa) não devia baixar?

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

1.º Sinal do que ai vem

Governo Civil impede manifestação da Amnistia em frente aos Jerónimos
esta perigosa organização terrorista com os seus perigosíssimos aliados budistas tem que ser fortemente e exemplarmente reprimida.

É AMANHÃ

por estes e mais uns milhares de motivos.

Qual será a desculpa que vais dar para faltares?

Deolinda - Movimento Perpétuo Associativo

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Titulo Errado


O nome do programa de Judite de Sousa, quando entrevista uma personalidade de esquerda deveria ser: GRANDE FRENTE A FRENTE e quando o figurão fosse de direita: GRANDE CAVAQUEIRA

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

A imagem da nossa desgraça

«Cavaco: preocupação do debate na especialidade do OE deve ser “repartição justa dos sacrifícios”»
Quem passou 1/2 hora a gabar-se sem qualquer tipo de vergonha e pensando que somos todos estúpidos, bom muitos somos senão não havia hipótese de ser reeleito, tentou que nos esquecêssemos das suas responsabilidades quer as presentes e recentes como:
  • Ser o patrono de um bando de malfeitores que geriam um banco;
  • Ter tido lucros obscenos nos dinheirinhos que tinha colocado nesse banco de amigos;
  • Usar o carro e motorista da primeira dama para uso dos filhos e netos fazendo diáriamente o percurso dos colégios;
  • Ter várias reformas e subvenções,mesmo que alguma esteja suspensa será activada logo que abandone o cargo;
  • E muitas outras que agora não me lembro nem tenho pachorra de ir aos arquivos.

Ou as mais antigas:
  • Ter sido o criador dos institutos públicos paralelos à administração pública;
  • Introduzido as parcerias publico privado cujo exemplo mais interessante foi a Ponte Vasco da Gama que teve o grande mérito de ter sido desenhada por esse génio chamado Catroga e ter obtido um hiper tacho para o protegido Ferreira do Amaral;
  • Ter esbanjado rios de dinheiro que poderiam ter sido investidos em educação e formação em auto estradas em que passam carros de hora a hora em vez de boas estradas e caminhos de ferro;
  • Para saberem que mais ele fez de errado basta ouvirem o que diz hoje ele próprio ou o porta voz Catroga, como sendo necessário acabar e verão que quem iniciou o caminho foi ele, o pai do monstro.

Tenham medo, muito medo!

Porque será que a cambada que nos governa, quer no governo quer nos bancos e outros barrigudos, têm tanto medo do FMI?

Para nós que nos cortarão no ordenado aumentarão os descontos e impostos que ficaremos no desemprego, não nos parece muito diferente da receita do FMI. Poderá ser pior? Não sei é possível!

Mas para os bancos que obtêm empréstimos do Banco Central Europeu a 1% (será?) e emprestam ao Estado a 6% não acham graça a que esse mesmo Estado obtenha directamente empréstimos a 3% do FMI/Fundo Europeu.
Vão fazer tudo para que o nossos impostos e sangue continue a pagar-lhes esse lucro criminoso...

E quando "sócrates diz que recorrer ao FMI não é opção" então fico quase com a certeza que não deve ser assim tão mau...

Posso estar muito errado mas cheio de duvidas estou de certeza.

domingo, 31 de outubro de 2010

Grandes Negociadores

Sim com os poderosos são grandes negociadores com os trabalhadores saem-lhes estas propostas:

«Em entrevista à Antena 1, Gonçalo Castilho dos Santos afirmou ainda que foram dadas orientações às administrações e institutos de regime especial - como os reguladores - para que sejam feitas as negociações obrigatórias relativas às reduções salariais.»

Negociar o quê? Não está tudo já definido com formula e tudo?
Será para safar os que mais ganham e que se concentram neste institutos?

Ou será para os trabalhadores normais e será como em alguns países em que os condenados à morte podem escolher a forma de execução?!

sábado, 30 de outubro de 2010

Podem estar descansados

O Leite com chocolate e outras bebidas essenciais à alimentação das nossas crianças ao seu bem estar físico e mental e manutenção de uma boa forma física, como a Coca-Cola, Pepsi, Fanta não vão ter o IVA aumentado.

Que raio de gente é esta? Que qualidade de gente é esta?
Que rebentem todos obesos e com os ossos em farelos, mas deixem a nossa inteligência em paz.

Nota: Porque será que nunca se falou no óleo, margarina ou leguminosas em lata?

No Correio da Manhã:
«i) Não alteração da composição actual dos vários grupos de produtos a que se aplicam a taxa reduzida, a taxa intermédia e a taxa normal, aos produtos alimentares e aos produtos para alimentação humana constantes das listas I e II dos anexos do Código do IVA;»

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Uff!... que alivio


A imagem viva da vossa desgraça prometeu não espalhar a sua caraça pelas ruas. "prometo não colocar 'outdoors'"

Pai do monstro que alimentou sem que poucos se tenham apercebido tal era a quantidade de ração que vinha da CEE e as sobras ainda deram muitos jipes e "lamborguines".

É incrível que quem tem tudo a ver com a situação a que chegámos, consiga passar a ideia que não tem nada a ver com isso, é realmente a mais perfeita personalização da nossa desgraça.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Os Trabalhadores estão f...

Teixeira e Catroga a negociar o orçamento!

Catroga sempre foi o grande defensor da diminuição dos salários em mais de 10%.

Sim mas esta medida é defendida como a pomada é só para uso externo.

Não têm vergonha nenhuma

«Governo vai meter mais 400 milhões de euros no BPN
/.../
Este aumento de capital aumentará o dinheiro que o Estado pôs no banco, directa e indirectamente, para cinco mil milhões de euros, um valor da ordem de grandeza do pacote de austeridade que o Governo "quer" ver aprovado na sua proposta de Orçamento do Estado para 2011.» [PÚBLICO]

Já só lá vai assim

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Notícia Filha da P...

da campanha contra os Funcionários Públicos:

«Governo reforça em 226 milhões verbas para cobrir buraco do sistema de pensões do Estado»[PÚBLICO]

Se o Estado tivesse pago os que as empresas pagaram para a segurança social desde o inicio do sistema, se não tivesse só há dois, ou três, anos iniciado o pagamento de 1/3 daquilo que as empresas pagam, se não roubasse a CGA para dar pensões milionárias a boys que não contribuíram, a CGA podia ter lucro.

Os senhores jornalista não são capazes de um raciocínio que não seja primário, mais concretamente perto do nulo.

domingo, 17 de outubro de 2010

Lutar compensa...

Contra uma brutal adversidade, no caso perder os 2 braços este ser HUMANO lutou e consegui a uma bela vitória possível. Assim nós consigamos ultrapassar esta fase, mas sem luta não vamos lá.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

A Sonsa

A v... sonsa diz:

«Ministra da Saúde propõe reflexão sobre aumento da idade da reforma» [PÚBLICO]

Quando ela saltava de beliche em beliche universitário, outros portugueses trabalhavam e descontavam desde os 15 anos ou mesmo antes. Estes descontam já 50 anos, perdão, dão um bónus de 2 ou 3 anos do que roubaram ao contratado em 1971, ela pode trabalhar até aos 120 anos se quiser pois já tem o cu bem cheio de gozo.

Desculpem a linguagem mas já não há pachorra e além disso faz-me bem ao fígado.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Justiça salarial

Tenho andado chateado, pois isto de reduzir o salário não lembrava a mais ninguém se não a esta corja (corja nacional e europeia pois nisto o pinto não está só). Ficar a ganhar menos do que em 2005 não tem graça nenhuma.

Ter visto colegas a serem reformados com bastante menos anos de descontos, não tem justiça relativa nenhuma. Ver que um reformado com o mesmo rendimento do que eu não tem redução e eu em 2011 vou entrar em 2005 quanto a vencimento. Pois o argumento é que as pensões estão garantidas e os salários não.

Agora lembraram-se que quem tem mais de 5000€ de pensão vai ter um desconto de 10% mas só no que ultrapassar os 5000€ ou seja quem ganha 5500€ na administração passa para 4870€ mas um pensionista passa para 5450€, justo não é? Já não falando que não é claro que quem tem várias pensões de 5000€ seja ou não afectado com tão pesada medida.

Será por isto que a ministra da saúde acha que se gasta muito em antidepressivos? Pensa cortar nas comparticipações, aconselharia a ter cuidado com essa medida pois dificultar o tratamento pode levar alguns a suicida-se com algum membro do governo, há sempre alguém que não crê na vida além túmulo e não receia de ter de ir para lá em más companhias.

Os culpados

Banqueiros já deixaram Terreiro do Paço [PÚBLICO]

Banqueiros saem confiantes de encontro com Passos Coelho [PÚBLICO]

Decerto que não foram propor repor o que roubam. O mais certo é terem ido ameaçar, fazer chantagem, dar ordens e oferecer uns principescos tachos para quando terminarem o mandato.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Vale a pena ouvir

O estranho não está na opinião de Frei Fernando Ventura, o estranho está naquilo que ele se esqueceu de criticar, ou seja opiniões como a dele não têm divulgação nas televisões, rádios e jornais.

O estranho está na excepção que é esta 'entrevista'.

Os média ainda ocasionalmente admitem opiniões que diagnosticam a situação, mas nunca opiniões com soluções alternativas, se fosse suposto Frei Ventura apresentar qualquer solução alternativa não teria sido possível convidá-lo.

Com algumas opiniões não concordo, mas gostei.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

VIVA A REPÚBLICA

Muitos parabéns e longos anos de vida.
Que nós vamos fazer os possiveis para te libertar das carraças que se te agarraram à pele.


Marcha dos Combatentes da Rotunda - Vitorino.

Mete nojo

Todos os culpados da situação actual botam discurso e a carneirada aplaude em vez de lhes cuspir em cima.

Depois vão todos inaugurar mais uma pirâmide, construída com a devolução de parte de um roubo, feito por um moribundo com muitos pesos nas consciência. A intenção de tão boa que até levanta suspeitas, que são reforçadas pela necessidade de instalar tal enormidade no local do domínio público mais nobre deste país.

Entretanto inauguraram escolas com muitas décadas de funcionamento, deve ficara para amanhã a inauguração de um novo autoclismo na Afonso Domingues que planeiam destruir brevemente.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Apetece gritar

Às Armas Às Armas! Contra os cabrões marchar, marchar.


Desculpem mas não encontrei outra palavra que encaixasse no espírito do tempo.

Manifesto dos economistas aterrorizados


A Associação Francesa de Economia Política lançou um “manifesto dos economistas aterrorizados”, um excelente documento de análise e de proposta para sairmos da crise europeia causada pelo neoliberalismo. Graças à generosidade do Nuno Serra, temos agora uma tradução portuguesa que está disponível no arrastão. Leiam e divulguem.

Roubado aos "Ladrões de Bicicletas" ladrão que rouba ladrão...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

OK, Boss!

«Merkel obrigou Sócrates a pôr submarino nas contas» [DN]

Funcionário já sabes porque é que todos os sacrificios se afundam!


Se era para os nossos inúmeros almirantes, pois temos mais que a marinha britânica e americana juntas, brincarem, por que não compraram umas dezenas destes kits?

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Se fossemos um povo com coluna vertebral

AMANHÃ NINGUÉM TRABALHAVA

Parabéns aos senhores pinto de sousa, passos coelho e silva conseguiram concluir a campanha contra os funcionários.

6% de redução do ordenado, 5% + 1% para a CGA ou seja os trabalhadores da função pública passam a pagar mais 1,5% de descontos para sistemas de segurança social que os da privada.

1490€ ficam em 1490€
1500€ ficam em 1447€ (-3,5%)

Ninguém pergunto ao filho da p quanto custou o fato?


Repararam no ar feliz e contente com que teixeira dos santos terminou a conferencia de imprensa, esclarecendo que a redução de salários é para ficar, que felicidade estampada nas trombas.


Partilho este sonho com o Wehavekaosinthegarden:

É HOJE!

A UGT convoca a manif. para Bruxelas, mas como não há aviões hoje para lá é melhor ires até ao Marquês, assim até (se forem de Lisboa) podem ir a pé.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

É AMANHÃ

Não faltes!Temos duvidas do efeito prático destas manifestações, mas é o que temos para manifestar a nossa revolta.

Afinal há dinheiro!


«Estado gasta cinco milhões sem concurso para a PSP» isto somado à obscenidade da despesa com a visita de B16 quantos % da divida será?

Só tem a vantagem de ficarem com material para os esbirros poderem usar contra quem a fome leva à revolta, ou para porem na ordem quem pensa que existem outros caminhos.

Sigam o exemplo da democrática polícia chinesa, na ponta da tecnologia verde, penso que as balas matam de forma electromagnética, morrer verde tem outra classe.

sábado, 25 de setembro de 2010

Vamos calar esta cambada

Não há gato sapato de ultra liberal e de jornalista do sistema que não aproveite qualquer oportunidade para atacar os funcionários.

A campanha de ataque ao subsidio de Natal deve ser substituída por uma campanha de um imposto extraordinário sobre o subsidio de Natal para todos, progressivo que deveria atingir 100% para valores superiores a 4000€. Talvez essas aves agoirentas se calassem.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ele lá sabe do que fala, estava lá....



B16 "
associa ateísmo a nazismo" [Visão]

Pois é, a propaganda que eram os assassinos de cristo foi lançada por ateus.

Mas este senhor não tem consciência dos telhados de vidro que têm, a caça ao Judeu não foi uma invenção da sua associação?

Vá visitar o Largo se São Domingos em Lisboa, informe-se...


Para uma informação mais cientifica leiam o excelente 'post' de Palmira F. Silva no Jugular

terça-feira, 14 de setembro de 2010

No bom caminho para resolver o problema futebol

Se o Benfica apela para os adeptos não irem aos jogos nos outros estádios, se o Sporting apelar para os adeptos não irem aos jogos nos outros estádios, se o Porto apelar aos adeptos para não irem aos jogos nos outros estádios e etc etc etc...

Passam a não haver problemas de segurança nos estádios, fora dos estádios, nos percursos para os estádios (é pena acabaram aquelas largadas de adeptos touros cercados por campinos polícias).

Os rendimentos de bilheteira (penso que será a parte menos significativa das receitas dos clubes, mas são pelo menos a maioria da parte legal dessas receitas) ficaram reduzidas pelo menos a metade e talvez os ordenados obscenos acabem.

Estou a delirar, mas era giro...

EMEL - Palhaçada

«EMEL dá os parabéns a quem paga nos parquímetros» [i]


É para isto que estás a por a moedinha no parquímetro?

Não, não é só para esta palhaçada, é também para pagar aos palhaços ricos que se intitulam gestores.

Porque é que o estacionamento não é gerido directamente pela câmara? E o controlo efectuado por policias municipais polivalentes?

Coerência

«EUA vão vender armas à Arábia Saudita num negócio de 60 mil milhões de dólares» [Público]

Esta democracia exemplar geradora de "Bin Ladens" é um Estado de confiança?
Ou será que a ideia não é só o lucro imediato do negócio, mas os rendimentos de futuras guerras?

domingo, 12 de setembro de 2010

7 maravilhas

Cada vez aprecio mais os alentejanos gente inteligente que não vai em balelas de dar 60 cêntimos a gulosos para organizarem espectáculos faraónicos para desfrute de uma cambada de inuteis que emchiam aquela plateia e que nem com 60 cêntimos contribuíram. Com mais 12,5 cêntimos para o orçamento de Estado.

Não há nenhuma maravilha natural no Alentejo? Para mim há e muitas...

de volta

Depois da férias, sem net fora do país onde não chegam notícias deste cantinho pois espanhóis e franceses estão-se lixando para nós, e de um período de adaptação a este país de tão igual estava um mês depois que nem valia a pena dizer nada.

domingo, 8 de agosto de 2010

Já não há homens assim?

Talvez haja, mas as circunstancias não permitem que se revelem. Só o calor e sacrifícios da luta revelam os heróis de entre nós.

Aos 95 anos, 17 dos quais preso e torturado pela ditadura, faleceu este sábado o histórico dirigente do PCP

Alarvidade

E eu que pensava que os nórdicos eram imunes à alarvidade.

«Finalista de Campeonato Mundial de Sauna morre após seis minutos a mais de 100º C» [i]

Será que a educação finlandesa não ensina que a água ferve aos 100º C?

Há pelo menos 3 "portugueses" que continuam a confiar...

«Procuradores com "falta de confiança"em Cândida Almeida» [DN]

A imagem da justiça portuguesa ultrapassa fronteiras.

Os três que confiam, são o Sr. pinto de sousa, o clone Silva Pereira e o padrinho da senhora Almeida Santos.

sábado, 31 de julho de 2010

É esta a Europa a que pertencemos?

«Cerca de 60 imigrantes africanos, na maioria mulheres manifestaram-se na última quarta-feira em La Courneuve, nos arredores de Paris, depois de terem sido obrigados a deixar as suas casas para a construção de um novo projecto imobiliário.

Segundo a CNN, a polícia terá pedido ao grupo de manifestantes para abandonar o local do protesto. Após a recusa, as autoridades começaram a forçar os participantes, arrastando pelo chão várias mulheres, com os seus filhos, muitos bebés ainda pequenos, ao colo e às costas.»[Visão]



Nem se tivessem cometido algum crime...
Como é possível existir gente que execute tais ordens?

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Porque a vida também é isto...

«Morreu jovem judoca português Tiago Alves» [Sol]

Lutou, perdeu, aos 18 anos ainda é mais incompreensível.

Deixou um testemunho no seu blogue, vale a pena ler e verter lágrimas por quem não conhecemos, mas a humanidade também é isto doer-nos a dor dos outros.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Crise?

«Rock in Rio isentado de taxas de três milhões pela edição de 2012

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou por maioria a isenção de taxas municipais no valor de três milhões de euros à organização do Rock in Rio pela edição de 2012[Sol]

Mas está tudo louco porquê dar mais 3 milhões de lucro aos parasitas dos Medina será que só eu é que tenho que pagar taxas e impostos por trabalhar?

Ainda por cima para virem causar o caos no centro da cidade, continuar com o parque da Bela Vista com aspecto de estabelecimento prisional, fogo de artificio a altas horas da madrugada em dias de semana no centro da cidade (não há problema só incomoda esses parvos que insistem em trabalhar e pagar impostos).

PSD e o PS votaram favoravelmente
CDS absteve-se
BE, PCP, PEV, PPM, PPM e quatro independentes eleitos na lista do PS votaram contra.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Sócrates, Durão Barroso e a anedota do rei da selva



Aparte: Fico feliz de o ver com tão bom aspecto.

Assiduidade na A.R.

Como sempre lá virá a generalização " são todos iguais" mas há uns mais iguais que os outros.

«Deputados deram 652 faltas em nove meses de legislatura
por RUI PEDRO ANTUNES
A bancada mais faltosa é a do PSD, que foi responsável por cerca de metade das faltas desde o início da legislatura (51,38%), num total de 335 assinaturas sociais-democratas em falta na folha de presenças. Proporcionalmente, o PSD é também o mais incumpridor com uma média de 4,13 faltas por deputado. Segue-se o CDS, com uma média de 3,23 faltas por parlamentar (num total de 68 faltas), e o PS fecha o pódio com 206 faltas e uma média de 2,12. O Bloco de Esquerda é o partido com menos faltas, em termos proporcionais, tendo uma média de 0,84 faltas por deputado (no total são 19). PCP e PEV não estão mal no ranking com uma média de uma falta por parlamentar.» [DN]

Isto para mim é importante, denota que se leva a função a sério.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Poupadinhos

Para poupar 86 510€ o Estado gasta 2 500 000 €
Clicar para ver maior

Alguém me explica porque não é um organismo do Estado (Uma Direcção Geral do Ministério das Finanças) a tratar destes assuntos? Então não é verdade que há excesso de Funcionários Públicos?

sexta-feira, 2 de julho de 2010

O Discurso do Veterano de Guerra

Mike Prysner


Também em "Um Homem das Cidades"
e
"Passa a Palavra":

No decurso de uma série de acções da associação Iraq Veterans Against War (IVAW - Ex-combatentes no Iraque contra a guerra), operação intitulada “Winter Soldiers” (Soldados de Inverno), o cabo Mike Prysner conta a sua experiência no Iraque e explica como tomou consciência da natureza da guerra que o mandaram fazer. Este vídeo foi amplamente divulgado nos EUA, entre outros pelo site do realizador Michael Moore (www.michaelmoore.com) e pelo site alternativo Common Dreams (www.commondreams.org).

Site da IVAW: www.ivaw.org.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Expliquem-me lá a lógica II

Porque raio se tem que falar com o episcopado para acabar com um feriado?

Lá porque os feriados são religiosos (não deviam, em teoria, de existir) o que é que estes senhores de saias e voz aflautada tem a ver com o que o Estado define como feriados?

Já agora estes senhores são Portugueses com obediência à Republica Portuguesa ou Vaticânicos com obediência à teocracia do Vaticano? Ou seja estrangeiros que por boa educação não deviam interferir nestes assuntos.

Mais grave ainda a beatas do PS afirmarem: «"Não sugerimos quais", afirmou, defendendo que essa decisão cabe à sociedade e à Igreja Católica.», ao que o "socialismo" republicano chegou!...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Expliquem-me lá a lógica

«Proposta do PS para reduzir feriados vai avança» [PÚBLICO]
O titulo fala em reduzir, mas o corpo da notícia fala em transferir para evitar pontes.

Mas o que se ganha em evitar pontes?
Não tem que se gastar um dia de férias para fazer uma ponte?
Deslocando os feriados para a 2.ª ou 6.ª Feira estes também deixam de ser aos Sábados e Domingos, pelo que os feriados aumentam em 2/7 .

Ou será que o objectivo é passar o 25 de Abril para o 25 de Novembro e instituir o 1 de Abril como feriado da governação?

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Está tudo (ainda mais) louco

Havemos de ir longe [Sábado]


Isto está mal, vou dar comigo a estar totalmente de acordo com uma opinião publicada por tal revista. Ah! eu dava 100€ para o mesmo objectivo (o segundo objectivo).

terça-feira, 15 de junho de 2010

Israel cria comissão sem poderes

«Aspecto lateral /.../ é idade dos membros israelitas do painel. Este é presidido por Yaakov Tirkel, de 75 anos, juiz reformado do Supremo Tribunal, integrando ainda Shabtai Rosen, de 93 anos, especialista de direito internacional, e Amos Horev, de 86 anos, general reformado. Os membros internacionais, são um pouco mais novos: Trimble tem 66 anos e Watkin 59. Estes sem direito de voto nos trabalhos ou nas conclusões.» [DN]

Lógico não fazem parte do Povo Eleito, são gentios ou seja não são humanos.

Cada vez faz mais confusão porque é que os nazis lhe tinham tanto pó, as bases do pensamento são as mesmas...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

O video mais estupido de há longos anos

Mas eram estas as armas que iam destruir o Estado de Israel?
Mas quantas facas e x-atos existiram num navio qualquer?
As ferramentas são armas?
O mais próximo de armas serão as fisgas para ir aos pardais, mas mesmo assim teriam hamas escrito? Cheira a que foram lá colocadas.
Não foram rigorosos pois ainda haveria, extintores, mangueiras de incêndio e respectivas agulhetas, muitos mais cabos de vassoura e esfregona, soutien (dão umas boas fundas), os elásticos das cuecas em suma todo o material de manutenção e peças de substituição dum navio.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Amanhã, NÃO FALTES!

O Tempo de Antena da CGTP-IN para divulgação da Manifestação Nacional de 29 de Maio, a emitir pela RTP1, no dia 27, antes do Telejornal, pode ser visto por antecipação, a partir de hoje, na página da central no Facebook (http://www.facebook.com/pages/CGTP/275330872914)

Chocante

Preço da electricidade desce 1,5 por cento na Europa mas sobe 4,5 por cento em Portugal [PÚBLICO]

Eu até pagava mais para ser utilizada numa cadeira eléctrica que fizesse com que estas bestas não Mexessem mais.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Grande manifestação nacional contra o desemprego e por emprego com direitos (29 de Maio)

Como o tempo é pouco copiei de Pimenta Negra.
Grande manifestação nacional contra o desemprego e por emprego com direitos (29 de Maio)

A CGTP-IN, apela ao teu contributo, participando e mobilizando, para a Grande Manifestação do sector Privado e Público, que se vai realizar no dia 29 de Maio, em Lisboa.

Vamos exigir a abolição das medidas penalizadoras dos trabalhadores, que Sócratas e Passos Coelho nos querem impôr.

Vamos juntar todos os descontentamentos e protestos na luta pela defesa da dignidade de quem trabalha.


EM 29 DE MAIO, NA RUAVAMOS SER CLAROS:

NÃO DESCULPAMOS, NEM COMPREENDEMOS… LUTAMOS!


A ONDA DE INDIGNAÇÃO E PROTESTO VAI INVADIR LISBOA E CONTA CONTIGO… CONTA COM TODOS!



O direito à indignação

O Governo ameaça os trabalhadores e a população mais desfavorecida com aumentos de impostos, o que é de todo intolerável perante as gritantes desigualdades que grassam pelo país, a todos os níveis.

O Governo semeia injustiça em cada medida. É uma marca da sua política classista a favor dos mais poderosos.

Para obter mais receitas o Governo admite aumentar o IVA, o que se traduziria numa diminuição do poder de compra da generalidade dos trabalhadores, pensionistas e outras camadas da população vulneráveis. Os impostos indirectos, pela sua regressividade, penaliza fortemente os que menos rendimentos têm.

O Governo admite tributar os salários e o subsídio de Natal, mas sobre a riqueza mobiliária e imobiliária, os lucros escandalosos dos accionistas das empresas e do sector financeiro e o fim dos benefícios fiscais sem fins sociais, não avança com medidas.

Não venha o Governo a sustentar estas pretensões com a demagogia de que também tomaram medidas para tributar os rendimentos dos mais ricos, como por exemplo as mais-valias.
Apesar de toda a mediatização, os efeitos do regime fiscal proposto para as mais-valias a nível de obtenção de receitas, serão reduzidos.


A proposta do Governo em relação ao Código IRS apenas revoga a isenção do saldo das mais-valias e as menos-valias de acções detidas por pessoas singulares mais de 12 meses, e considera o saldo de mais e menos valias de obrigações e outros títulos de dívida.

O Governo aumenta a taxa de IRS de 10% para 20%, relativamente ao saldo das mais-valias e das menos-valias resultantes de alienação de partes sociais de empresas; a operação relativa a instrumentos financeiros derivados; a operação relativa a certificados que atribuem ao titular o direito de receber um valor de determinado activo subjacente.

Portanto, a proposta do Governo abrange apenas um pequeno conjunto de activos, os de maior dimensão poderão continuar a fugir à tributação agora criada através de vários expedientes admitidos pela própria lei.

A nível do Estatuto de Benefícios Fiscais, a Proposta de Lei do Governo introduz apenas uma alteração no que trata os Fundos de Investimento, em que o saldo positivo entre as mais e menos-valias, resultantes de acções detidas por fundos de investimento durante mais de 12 meses, as obrigações e outros títulos de dívida pública, ficam excluídas da tributação.

Exceptuam-se os casos dos saldos obtidos por fundos de investimento mistos ou fechados, de subscrição particular, aos quais se aplicam as regras previstas ao Código do IRS.

De acordo com a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património (APFIPP), em 31.12.2009, o valor dos activos dos Fundos de Investimento Mobiliários Abertos era de: 4,487,6 milhões de euros; dos Fundos de Investimento Imobiliário Fechados: 5.023,2 milhões de euros; dos Fundos de Gestão de Patrimónios: 59.059,9 milhões de euros; das SGFP: 21.431 milhões de euros.

Dados divulgados recentemente indicam que apenas uma pequena parcela do saldo de mais-valias e de menos-valias poderão ser atingidas pela proposta de lei do governo sobre tributação de mais-valias. Basta apenas ter presente o seguinte: Segundo a CMVM, de Janeiro a Abril de 2010, as transacções na bolsa de Lisboa atingiram 44.813,3 milhões de euros, quando em idêntico período de 2008 tinha alcançado apenas 20.745,2 milhões de euros, ou seja, menos de metade. E que os investidores estrangeiros, portanto não residentes, que continuam isentos do pagamento de mais-valias já controlam actualmente cerca de 60% das transacções na bolsa portuguesa. E estas não são as únicas entidades que, com a proposta de lei do governo, continuarão isentas da tributação de mais valias.

Também ficam isentas as mais-valias resultantes de transacções realizadas pelas SGPS, que são muito significativas, bem como as feitas por Fundos de Investimento que continuam sujeitas a taxas de IRC reduzidas (10% e 12,5%).

Daqui se conclui que os estrangeiros e SGPS dominam a bolsa, e estes não são pelas novas regras de tributação abrangidos.

O Governo apresentou uma previsão de 200 milhões de euros. Mas é evidente que com todas estas isenções das mais-valias que continuarão a existir, o crescimento efectivo da receita será certamente inferior àquele valor.

As medidas que o Governo se propõe tomar para diminuir o défice têm como efeito diminuição dos rendimentos do trabalho, o empobrecimento de quem vive exclusivamente desses rendimentos e, ainda, pensionistas que maioritariamente vivem das pensões mínimas, além dos desempregados.

Como a CGTP-IN tem referido, os ricos para serem cada vez mais ricos, obrigam os trabalhadores a ficarem mais pobres.

A CGTP-IN apela aos trabalhadores, aos reformados e aos desempregados que se indignem contra estas políticas e exijam outras políticas.

Estas são importantes causas que nos devem mobilizar a todos. Vamos realizar uma grande Manifestação, em Lisboa, no dia 29 de Maio.

Lisboa, 11.05.2010CGTP-IN

segunda-feira, 24 de maio de 2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Espero que se lembrem

Espero que quando os mandarem arrear na malta se lembrem, de que lado devem estar.

«Os polícias estão indignados. Enquanto oficiais passaram a receber mais, os agentes vão ficar sem aumento
s

A notícia caiu como uma bomba na PSP e no próprio Ministério da Administração Interna (MAI). A Direcção-Geral do Orçamento não autorizou o pagamento de promoções na PSP, cuja execução estava em atraso há mais de um ano» [DN]

«PSP gradua oficiais e esquece os agentes, na GNR um quarto da verba vai para 64 oficiai» [PÚBLICO]

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Já agora, fiquem também com as calças!

Protesto dos Homens da Luta na Assembleia da República! 22 de Maio - 17h. APAREÇAM!

Brincadeira por brincadeira que seja progressista.
Ah! já agora levem fio dental e vão (e venham de transportes públicos)

Uma boa proposta

Não é propriamente uma revolução, mas é lógico não é?!

"de acordo com a proposta, à qual o DN teve acesso, a Sefin defende a emissão de empréstimos obrigacionistas, pelo prazo de três a cinco anos, representados por obrigações de valor unitário de cinco euros. Cada pessoas singular não poderá subscrever mais de 100 mil títulos (500 mil euros).

A taxa de juro a pagar será fixa e corresponderá a 70% da taxa de juro das Obrigações do Tesouro (OT) colocadas imediatamente antes desta emissão de títulos de poupança nacional." [DN]

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Ainda por cima gozam com o pessoal

Eu ouvi na rádio, o que o i transcreve:

«As taxas de todos os escalões subiram um ponto percentual: a taxa reduzida aumenta pela primeira vez desde que foi criada para 6%; a taxa intermédia (aplicada na restauração, por exemplo) avança para 13% e a taxa normal sobe para 21%. O aumento da carga em IVA é visto por muitos observadores como algo que agrava as injustiças, logo penaliza todos da mesma maneira independentemente da classe de rendimento. Sócrates ripostou, de forma lacónica, contra uma pergunta de um jornalista que sublinhava o problema da iniquidade fiscal no IVA: "Há famílias que compram esses produtos, e podem pagar, e adquirem-nos a uma taxa de 5%, ora isso não é justo", disse ainda, referindo-se a bens como "pão, leite, Coca-Cola e Pepsi-Cola".»

Nem dá para comentar, mas fica aqui uma tentativa.
  • De quem é a culpa da coca-cola e pepsi-cola estar no escalão de 5%?
  • Será que ele pensa que por haver famílias que podem pagar os outros podem comer merda? Por esta lógica podia ter eliminado a taxa reduzida e aumentado o IVA para 50% pois há famílias que compram estes produtos e podem pagar.
Estão muito preocupado pela malta não poupar mais, mas além de darem uns juros miseráveis nos certificados de aforro ainda:

«Depósitos a prazo pagam mais

As taxas libertórias, que incidem, por exemplo sobre os rendimentos de capitais como os depósitos a prazo, vão ser agravadas em 1,5%. Na prática significa que, até 2011, a taxas liberatórias que agora são de 20% vão passar a ser de 21,5%.» [JN]

Mas se tiverem lucros na bolsa:

«Ganhar na bolsa paga mais imposto

Quem ganhar mais de 500 euros em bolsa no espaço de um ano pagará imposto sobre isso, a uma taxa de 20%.»[DN]

Ou seja pagas menos e só se tiveres mais de 500€ de lucro, não imagino quanto é necessário dar à guarda dos bancos ou Estado para obter 500€ de juros.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Cronologia histórico religiosa do Terreiro do Paço

O último Auto de Fé no Terreiro do Paço. 1683?
Último auto de fé em Portugal 1781. Fim da inquisição portuguesa 1794.


A primeira missa papal no Terreiro do Paço. 2010-05-11

Como se pode ver pelas imagens o bom Povo português ocorreu em massa nas duas ocasiões, bendito seja deus.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Petição - Pela Laicidade

Senhor Presidente da República Portuguesa,

Nós, cidadãs e cidadãos da República Portuguesa, motivados pelos valores da liberdade, da igualdade, da justiça e da laicidade, manifestamos, através da presente carta, o nosso veemente protesto contra as condições – oficialmente anunciadas – de que se revestirá a viagem a Portugal de Joseph Ratzinger, Papa da Igreja Católica.

Embora reconhecendo que o Estado português mantém relações diplomáticas com o Vaticano e que a religião católica é a mais expressiva entre a população nacional, não podemos deixar de sublinhar que ao receber Joseph Ratzinger com honras de chefe de Estado ao mesmo tempo que como dirigente religioso, o Presidente da República Portuguesa fomenta a confusão entre a legítima existência de uma comunidade religiosa organizada, e o discutível reconhecimento oficial a essa confissão religiosa de prerrogativas estatais, confusão que é por princípio contrária à laicidade.

Importa ter presente que o Vaticano é um regime teocrático arcaico que visa a defesa, propaganda e extensão dos privilégios temporais de uma religião, e que não reúne, de resto, os requisitos habituais de população própria e território para ser reconhecido como um Estado, e que a Santa Sé, governo da Igreja Católica e do «Estado» do Vaticano, não ratificou a Declaração Universal dos Direitos do Homem – não podendo portanto ser um membro de pleno direito da ONU – e não aceita nem a jurisdição do Tribunal Penal Internacional nem do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, antes utilizando o seu estatuto de Observador Permanente na ONU para alinhar, frequentemente, ao lado de ditaduras e regimes fundamentalistas.

Desejamos deixar claro que, se em Portugal há católicos dos quais uma fracção, mais ou menos importante, se regozijará com a visita de Joseph Ratzinger, há também católicos e não católicos para quem o carácter oficial da visita papal, o seu financiamento público e a tolerância de ponto concedida pelo Governo, são agressões perpetradas contra os princípios de laicidade do poder político que a própria Constituição da República Portuguesa institui.

Esta infracção da laicidade a que estão constitucionalmente vinculadas as autoridades republicanas torna-se ainda mais gritante e deletéria quando consideramos que se celebra este ano o Centenário da Implantação da República, de cujo legado faz parte o princípio de clara separação entre Estado e Igreja, contra o qual atentará qualquer confusão entre homenagens a um chefe de Estado e participação oficial dos titulares de órgãos de soberania em cerimoniais religiosos.

Declaramos também o nosso repúdio pelas posições veiculadas pelo Papa em matéria de liberdade de consciência, igualdade entre homens e mulheres, auto-determinação sexual de adultos, e outras matérias políticas.

Porque nos contamos entre esses cidadãos que entendem que a laicidade da política é condição fundamental das liberdades e direitos democráticos em cuja defesa e extensão estão apostados, aqui deixamos o nosso protesto e declaramos a Vossa Excelência o nosso propósito de o mantermos e alargarmos através de todos os meios de expressão e acção ao nosso alcance enquanto cidadãos activos da República Portuguesa.
http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=CPL2010

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Os criminosos

Praticamente todos os culpados do "Estado a que isto chegou", a nível de Ministros das finanças, vão estar juntos na mesma sala 2.ª Feira em Belém.

Porra! O único fenómeno extremo previsto para a zona são umas cinzas que ninguém vê, fazia falta um monstruoso deslizamento que arrasasse o palácio, um tornado grau 7 muito localizado, uma rajada de metralhadora, um abalo sísmico que engolisse o palácio, uma tempestade eléctrica com dezenas de raios sobre a sala.

Não só se fazia justiça, como ainda se pouparia milhões em pensões milionárias, várias para cada um pois nem podemos imaginar o dinheiro que estas bestas apocalípticas nos custam. Penso que não há nenhum que não tenha pelo menos duas.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Preocupados com a divida externa do Estado?

Não acredito, mais uma encenação para lixar (com f) o Zé.

Se tal fosse verdade não seria lógico que o Estado tentasse obter empréstimos internos?

Ou seja, se paga X % pelos empréstimos ao exterior não teria lógica pagar os mesmos X % nos Certificados de Aforro e disponibilizar Títulos do Tesouros ao particulares residentes em Portugal?

Fez precisamente ao contrário, portou-se como um reles vigarista reduzido a uma miséria o rendimento dos certificados de aforro na posse dos cidadãos que esperavam pelos juros contratados na aquisição. Por outro lado disponibiliza juros chorudos aos bancos que pagam praticamente nada aos depositantes, mas coitados dos bancos precisão deste apoio do Estado para continuarem a serem dos poucos a beneficiar com a crise que provocaram.

Ou não sou economista, felizmente, mas não me considero parvo.

terça-feira, 27 de abril de 2010

sábado, 24 de abril de 2010

ERRADO!!!


«Tenho direito à minha vida privada: viver em Paris só a mim diz respeito.»
Inês de Medeiros

Pois, assim será quando fores tu a pagara as passagens casa emprego e emprego casa é vida privada, quando somos nós que pagamos é PÚBLICA e bem PÚBLICA.

Todos nós quando arranjamos um trabalho longe de casa suportamos os custos, o patrão não vai na conversa de pagar as deslocações.